30 de dezembro de 2004

A tragédia

é demasiado grande para que se pense em piadas. Aqui fica a minha homenagem a tantas dezenas de milhar de seres humanos que morreram sem saber como... nem porquê.

Guerras para quê? É nestas situações que percebemos, que é muito mais o que nos une, que aquilo que nos separa...

4 comentários:

mfc disse...

Olha, um grande (enorme) 2005.
...com tudo de bom !

Mushu disse...

Que em 2005 a Natureza não se queixe tanto do mal que lhe fazemos diariamente...
Bom Ano!

O Vizinho disse...

A última estatística que ouvi apontava para mais de 120.000 mortos, na sua grande maioria crianças.
É por estas e por outras que, embora mantendo o devido respeito que merecem, não gosto do exagerado protagonismo que se deu (e ainda dá) aos dois mil e tal que morreram no WTC.

Biranta disse...

De facto, Guerras para quê? Os seres humanos têm coisas muito mais importantes com que se preocupar.
Mas quem disse que os que promovem as guerras, os que fazem as guerras, são seres humanos? Para mim são monstros!
Unamo-nos contra as monstruosidades, para podermos vencer melhor as adversidades.
Que o Novo Ano seja muito melhor para todos nós, no país e no mundo! Um feliz ano novo, todos os dias (e todos os anos seguintes)!