31 de julho de 2005

Alegre, porque não... Soares, porque sim!

1 comentário:

francis disse...

Sina de poeta. As amarguras da vida dão-lhe a matéria prima necessária para escrever mais um livro. Neste haverá certamente lugar para uma dedicatória especial aos seus amigos de Partido.
Um grande abraço para ti. Não fiques tanto tempo inactivo.